Temas atuais da agenda previdenciária são debatidos em Seminário da ACIP

Mais de 200 representantes de Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS), municipais e estaduais, marcaram presença no XII Seminário Capixaba de Previdência, promovido pela Associação Capixaba dos Institutos de Previdência (ACIP). O evento aconteceu nos últimos dias 17 (quinta) e 18 (sexta-feira), em Pedra Azul, Domingos Martins, região serrana do Estado. 

 

Diversos assuntos atuais da agenda previdenciária dos Servidores Públicos, relativos à administração dos RPPS, foram debatidos durante os dois dias de palestras, tais como Gestão Atuarial, Concessão de Benefícios, Investimentos, Pró-Gestão. “O principal objetivo desse encontro foi promover o fortalecimento e o aprimoramento dos regimes próprios, por meio de atualização de conhecimentos, troca de ideias, amplos debates com expositores conceituados, e, é claro, muita integração”, disse o presidente da ACIP, Adeval Irineu Pereira.

 

Palestras

 

Para abrir os trabalhos do primeiro dia do Seminário, representantes de instituições bancárias falaram sobre o cenário econômico do país e a influência da política na economia, taxa de juros, inflação, produto interno bruto (PIB), bem como abordaram as principais perspectivas de investimentos. Em seguida, a chefe da Secretaria de Controle Externo de Previdência e Pessoal do Tribunal de Contas do Espírito Santo (TC/ES), Simone Reinholz Velten, ministrou palestra intitulada “Prestação de Contas Anual (PCA)”. Na ocasião, ela prestou várias orientações e sanou dúvidas dos participantes.

 

Os presentes também tiveram a oportunidade de conferir apresentações referentes ao panorama previdenciário dos Regimes Próprios do Espírito Santo e à gestão atuarial do coordenador de Estudos e Diretrizes Atuariais, Econômicas e Contábeis da Subsecretaria dos Regimes Próprios de Previdência Social (SRP)l/ Secretaria de Previdência (Sprev), Ciro Miranda, e da diretora de Previdência do Instituto Brasileiro de Atuária (IBA), Wilma Gomes Torres, respectivamente.

 

Após essas exposições, foi a vez do auditor de Controle Externo do TCEES, Lyncoln de Oliveira Reis, ministrar palestra motivacional com o tema “E se eu perdesse meu emprego?”.  Ele, que também é coach, falou da formação de hábitos de excelência que tornam as pessoas melhores em tudo o que fazem, inclusive no trabalho.

 

O segundo dia do encontro contou com as explanações Questões relevantes na concessão de Benefícios, pela especialista em Direito do Estado, e autora do livro “Previdência Social: Aspectos Práticos e Doutrinários dos Regimes Jurídicos Próprios”, Magadar Rosália Briguet, e Pró-Gestão (Programa de Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios), pelo procurador do Instituto de Indaiatuba/São Paulo, Douglas Figueiredo.

 

Destaca-se que o XII Seminário Capixaba de Previdência teve o apoio da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda, do Tribunal de Contas Estadual, da Prefeitura Municipal de Domingos Martins, da Associação Brasileira de Instituições de Previdência Estaduais e Municipais (Abipem), e da Associação Nacional de Entidades e Previdência dos Estados e Municípios (Aneprem). 

Back to top